domingo, 5 de setembro de 2010

Mulheres Lobas

          Ontem à noite, me toquei que estou muito só, de solitária, mesmo, sabe? Fiquei entrelaçando as mãos e cheguei a beijar meu travesseiro...ops!!! Acho que esqueci como se beija...Me deu um desespero, uma tristeza...queria conversar isso com alguém e olhei pra o telefone...mas, já passava de meia noite e não tinha pra quem ligar  nem com quem conversar sobre isso.
          Por favor não se pergunte porquê você...acho que me ouviria e me daria uns toques, sim! Na faixa da "idade da loba" somos uma mistura de vítimas com caçadoras, depende muito de nós mesmas. A educação, base religiosa, e principalmente, maneira de ser; nos abre ou fecha portas. Se tomamos a iniciativa, somos vistas como "taradas", se esperamos, somos "ultrapassadas". Sinceramente? Não sei como agir...meus instintos falam que devo agir, minha educação manda ficar quieta e esperar um homem legal, trabalhador e que não queira só sexo...
         Certas conversar com homens comprometidos parecem "cantadas baixas", mas não são...na real, as mulheres "lobas" são as mais solitárias e enganadas pelos ditos "homens descompromissados". Não são de hoje  nem poucos, os relatos de mulheres enganadas por estes homens. Mas, sabe o que é? A solidão! Este sentimento cega igual a paixão. Ela nos dá uma sensação terrível de que todos estão felizes, menos nós.
          Na busca de alguma compreensão, buscamos tapar as vistas e ver apenas o lado bom de ter um homem casado (tem lado bom nisso?), ou dividir um homem com sua noiva angelical, correta e que será "ótima mãe de família". Meu Deus, como sofremos!!! As pessoas nos olham e logo taxam: "lá vai a dona de seu nariz, independente, culta, tem seu apartamento, carro e profissão. Isso é que é vida". Será que essas pessoas sabem como somos solitárias?
Postar um comentário