quinta-feira, 1 de março de 2012

A Ditadura do Século 21




Pode parecer hipocrisia porque eu mesmo sempre fui gordinha. Fazer o que? Minha família é uma mistura de portugueses e italianos, imigrantes apreciadores de uma boa comida. Porém, mesmo sendo gordinha, nunca deixei de me cuidar, sempre tive sobrepeso, nunca além disso, ou seja, nunca deixei que meu biotipo prejudicasse a minha saúde. E durante toda a minha vida tive meus dias bons e ruins quanto ao meu peso. E assim não é qualquer mulher?

Mas o meu post não fala sobre quanto mostra na balança quando eu subo nela, quero falar dessa ideia ridícula de acharem que mulher bonita é mulher magrela. Nem venho dizer que isso partiu dos homens porque, graças a Deus sempre tive mais amigos do que amigas, e eles sempre me mostraram que gostam de ter o que pegar na hora de ficar junto de uma mulher.

É obvio que temos que cuidar da nossa saúde, tentar não extrapolar limites, ficar de um jeito que nos faça sentir bem! Mas daí a se privar de coisas boas da vida só porque alguém ou algo (como a moda) lhe diz que seu corpo está fora dos padrões estéticos, isso já é burrice!

Ser feliz é o que atrai as pessoas para nosso redor, se você for gordinha e feliz, melhor ainda! Quem ai não resiste a alguém que se ama do jeito que é? Quem ai não prefere alguém autoconfiante ao invés de alguém que teima em seguir padrões exagerados?

Vamos parar para pensar,ok? Beleza é se sentir bem com você mesmo, estar saudável, estar feliz!! Vamos parar com essa história de que beleza é magreza, beleza é ser uma pessoa digna, alegre, honesta, simpática, inteligente e que se ame antes de amar a outro alguém!

Viva as gordinhas e a quem gosta delas também!

Imagem: Internet
Postar um comentário