quinta-feira, 27 de outubro de 2011

V BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE ALAGOAS Licurgo Spinola: O ator que faz a diferença!! Criou o Projeto Oficina Identidade e trouxe para Maceió à convite do ator Mauro Braga, a oportunidade de expandir este trabalho com moradores de rua. PARABÉNS!!!






Filho de militar, quase seguiu a mesma carreira do pai. Cresceu em Curitiba, estudou em colégios militares, aos 13 anos entrou para a Escola de Cadetes do Exército em Campinas, em São Paulo. Não se adaptou à vida militar e saiu. Depois optou por odontologia.
Foi na odontologia na PUC-PR, que descobriu a arte cênica, entrou para o grupo de teatro Tanahora da faculdade, se formou em odontologia em 1992, mas exerceu a profissão por pouco tempo. Ganhou o prêmio de melhor ator de 1993 com a peça Bella Cião, de Luiz Alberto de Abreu, nos Festivais de Teatro de Blumenau-SC, Ponta Grossa-PR, São José dos Campos-SP e Cascavel-PR.
Se mudou para o Rio de Janeiro em 1994, para cursar a oficina de atores da Globo. Fez em 1995 uma ponta no remake de Irmãos Coragem. Protagonizou a novela O Campeão de 1996, pela Bandeirantes. Em 1997 voltou para Globo, foi o Egidio na novela A Indomada de Aguinaldo Silva, fez muito sucesso e ganhou o Prêmio Contigo de 1998 de melhor ator revelação.[1]
De 1999 à 2001 foi o professor de matemática Vitor Maia de Malhação, fazia par romântico com professora Isa (Giovanna Antonelli). Em 2006, depois de alguns trabalhos na TV, ele foi o Drº Michel em O Profeta. Licurgo voltou para Malhação na temporada de 2008, mas dessa vez interpretando o vilão Félix Rios, pai de Débora (Nathalia Dill) e Angelina (Sophie Charlotte), depois de tanta maldade, Félix terminou preso, o ator foi muito elogiado pelo público pelo personagem na novelinha. Em 2008 esteve no elenco do filme No Meu Lugar de Eduardo Valente.[2]
Criou a Oficina Teatro Identidade, um projeto independente, que é desenvolvido e criado pelos próprios alunos
Postar um comentário