quarta-feira, 11 de maio de 2011

Projeto Pedagógico: Abolição da Escravatura I



Oi Gente!
Já está disponível o Projeto Diversidade na África! Espero que aproveitem bastante. Tem muito conteúdo para aproveitar para Libertação dos Escravos.


Beijinhos e Boa Noite a todossssssss! ♥♥♥
Posted: 09 May 2011 05:37 PM PDT

Oieee!!!
Estou postando duas musiquinhas para vocês usarem para trabalhar o tema Libertação dos Escravos. Ótimas para promover debates.

SOMOS TODOS IGUAIS
CD Calendário Criança Feliz

Foram mais de 300 anos,
De sofrimento para os negros africanos...
Chegavam em navios e acorrentados,
E aqui eram vendidos como escravos...
Trabalhavam por um prato de comida,
Castigados com uma vida bem sofrida.
Alguns fugiam e se escondiam pelas matas,
Com medo, do feitor e da chibata.
O mundo inteiro começou a pressionar,
Para o Brasil acabar com a escravidão.
Internamente o movimento foi crescendo,
e aos poucos veio a decisão:
Primeiro foi a Lei do Ventre Livre.
Depois a Lei do sexagenário.
Por fim, veio a Lei Áurea,
que acabou de vez com esse cenário.
Mas foi a Princesa Isabel,
Que pôs fim com essa escravidão,
Mostrou sua grande bondade,
E que a igualdade nasce em cada coração!
Mas foi a Princesa Isabel,
Que pôs fim com essa escravidão,
Mostrou sua grande bondade,
E que a igualdade nasce em cada coração!
Baixe esta música AQUI.

A MÃO DA LIMPEZA
Gilberto Gil

O branco inventou que o negro,
quando não suja na entrada,
Vai sujar na saída, ê!
Imagina só,
vai sujar na saída, ê!
Imagina só,
Que mentira danada, ê!
Na verdade a mão escrava,
Passava a vida limpando,
O que o branco sujava, ê!
Imagina só,
O que o branco sujava, ê!
Imagina só,
O que o negro penava, ê!
Mesmo depois de abolida a escravidão,
Negra é a mão,
De quem faz a limpeza,
Lavando a roupa encardida, esfregando o chão,
Negra é a mão,
É a mão da pureza,
Negra é a vida consumida ao pé do fogão!
Negra é a mão,
Nos preparando a mesa,
Limpando as manchas do mundo com água e sabão,
Negra é a mão,
De imaculada nobreza,
Na verdade a mão escrava,
Passava a vida limpando,
O que o branco sujava, ê!
Imagina só,
O que o branco sujava, ê!
Imagina só,
Eta branco sujão!
Baixe esta música AQUI.


Oi pessoal!!!

Estou postando algumas poesias para a Libertação dos Escravos.
BANZO NEGRO 
Negro clama liberdade,
Negro clama liberdade,
Negro clama liberdade,
Negro não sabe o que é dor!
Negro não tem alma não,
Assim, dizia o feitor...
Com seu chicote na mão,
Malvado banzo me mata,
Quero a Pátria voltar,
Na minha terra sou livre,
Qual avezinha no ar.
Negro, negrooooooo!
Negro, negrooooooo!

A ESCRAVIDÃO

A escravidão não foi só
o domínio do forte sobre o fraco,
do rico sobre o pobre,
do poderoso sobre o indefeso.

Não foi só
questão de supremacia
de raça,
de cor,
de dinheiro.

Não foi só
expressão de ganância,
de injustiça,
de calculismo,
de desumanidade.

Não foi só
o mais torpe degrau
da cegueira humana,
da pequenez da alma,
da miséria interior.

Foi também
e, primacialmente,
evocando Zumbi,
a certeza de que,
dentre os valores mais caros,
nada suplanta o do anseio
da liberdade!

Autor: Luiz Carlos de Oliveira

A ESCRAVIDÃO

(2ª parte)

A igreja pediu perdão ao escravo!
Mas, para que perdoada seja,
faz-se preciso mais do que isso.
Há que lhe devolver a vida
- levianamente ceifada -
e assumir o compromisso
de que ela será respeitada
- aqui na terra e no além -
e entender, definitivamente,
que o negro, o pobre e o indigente
são gentes também!

Autor: Luiz Carlos de Oliveira
Posted: 09 May 2011 06:23 PM PDT

Oie!!!
Viseira para fazer em EVA ou papel.
Clique para ampliar!
Beijos!

Posted: 09 May 2011 06:24 PM PDT

Oi gente!

Aí vão algumas idéia para trabalhar o tema Libertação dos Escravos.

  • Reproduza a história da Libertação dos Escravos em forma de teatro de fantoches, para que dê um enfoque mais lúdico e prazeroso aos alunos.
  • Trabalhe com letras com músicas que falem sobre escravidão, promovendo debates, paródias e redação sobre o tema.
  • Produza cartazes. Idéia para tema: A contribuição do negro africano para a formação do povo brasileiro (cultura, religião, culinária, dança, trabalho escravo...)
  • Pomova uma apresentação de danças ou uma degustação dos pratos típicos inseridos pelos escravos no Brasil.
  • Amplie imagens que retratem o período da escravidão, e faça com os alunos a leitura desta imagem, onde possam observar e refletir. Faça o registro das observações.
  • Para decoração da escola: Slogans contra o preconceito racial, cartazes de apoio e respeito as diferentes raças.
  • Idéia para Mural: pode-se ampliar o mapa do Brasil, colando dentro, gravuras de pessoas negras trabalhando, estudando, etc..., abaixo do mapa o desenho de mãos escravas simbolizando a libertação. Idéia de frase: Brasil! Um país construído por negros. Diga não ao preconceito racial!
  • Fantasias: Faça braceletes com correntes para no pulso ou nos pés das crianças, (pode ser confeccionada com papel laminado ou EVA prata) ou faixa com o escrito: Liberdade! Outra idéia, é que os alunos saiam com uma caneta feita de pena e réplicas da carta da abolição.
  • Faça Viseiras, óculos para os alunos usarem no dia da apresentação.
  • Encenação da lenda do Negrinho do Pastoreio com os personagens: cavalinhos de pau, roupas de tnt para as crianças vestidas de escravos, fazendeiro, filho do fazendeiro, o Negrinho, os escravos...
Postar um comentário